segunda-feira, 7 de março de 2016

2- Hello Joe


 Demetria se virava de um lado para o outro na enorme cama de casal que ocupava sozinha. Ela sentia braços fortes ao seu redor, beijos foram subindo de seu umbigo até tocar seus lábios e então finalmente ela pode matar a saudade do gosto do beijo de seu amado marido. Joseph estava deitado por cima de Demetria e tentava desesperadamente tirar sua roupa enquanto a mulher puxava seus curtos fios de cabelo. Parecia tudo muito real para Demetria quando ela acordou porém ao tocar o lado esquerdo da cama pode constatar que foi somente um sonho.

- Maldito –gritou Demetria enquanto tentava enxugar o suor de seu rosto com as costas da mão-

Fazia tempo que Demetria não tinha mais sonhos com o marido. Demtria havia desistido do seu casamento e tinha saído de casa fazia um ano e não conseguia acreditar que estava sonhando aquilo novamente, afinal, falta de sexo não era uma das coisas da qual Demetria podia se queixar pois a ideia de celibato nunca lhe passou pela cabeça.

Demetria e Joseph se conheceram em uma festa na casa de um dos muitos amigos que eles tinham em comum. A atração iminente que houve entre os dois foi a responsável por uma das noites mais memoráveis da vida de Demetria.

Os dois namoraram e casaram em um espaço de tempo de um ano. E se você pensa que o pouco tempo de convivência foi o responsável pela saída tão repentina da casa que dividia com Joseph está muito enganado meu caro leitor.

Demetria e Joseph viveram um casamento feliz durando seis meses mas então as brigas vieram e por um motivo muito tolo, Joseph não permitia a entrada de Demetria em seus escritório. Cansada de tantas brigas e desconfiança Demetria descumpriu as ordens do marido e invadiu seu escritório. Ela vasculhava tudo sem o menor pudor afinal ela estava fazendo uma investigação.

Papéis e mais papéis sobre a empresa de administração de Joseph estavam espalhado por cima da mesa porém depois de mais de uma hora procurando por algo que pudesse incriminar Joseph, Demetria achou um desenho de algo que parecia ser a planta de um prédio e nela anexada uma pilha de outros documentos que não eram nada compatíveis com os outros documentos sobre a empresa de Joseph.

Quando Joseph chegou em casa não encontrou sinais de Demetria, ele vasculhou toda casa e não encontrou nenhuma peça de roupa ou qualquer outro pertence de Demetria, e quando Joseph havia perdido todas as esperanças de obter qualquer explicação sobre o que havia acontecido ele encontrou um bilhete em cima da cama que dividia com Demetria, era um recado deixado por Demetria, nele ela dizia que nunca mais iria voltar.

O motivo da saída de Demetria? A moça havia descoberto naqueles documentos que Joseph era um bandido, um ladrão!  

Demetria acordou e tentou se levantar mas um peso em cima de seu corpo a impediu.

-Mas que merda

-Ah....oi –Esse era Juan, moço que Demetria adquiriu em sua última ida a boate Dixxy

-Eu não tenho nada contra você mas será que dá pra sair do meu apartamento agora?

-Como assim?

 -Sair do meu apartamento, entendeu agora?

 -É que eu pensei….

-Pensou errado querido agora me faça um enorme favor e some daqui

O rapaz fugiu de Demetria como o diabo foge da cruz, “garota louca essa”.

Justin, irmão de Demetria, costumava dizer que esses lances casuais eram uma tentativa de substituir Joseph. Demetria se levantou e terminava sua higiene matinal quando alguém a interrompeu

-Eu encontrei um rapaz só de calças no saguão por acaso ele é responsabilidade sua?

-Não enche o saco Justin

-Tudo bem, agora veste algo decente que eu sou seu irmão

-Justin você veio aqui só pra me incomodar?

-Ao contrário do que você pensa eu me importo com você Demi e já te disse que essa sua casualidade para romances vai acabar te fazendo mal

 -Olha irmãozinho, essa situação é cômoda pra mim

 -Eu vejo como se sente sozinha Demi

-Você anda enxergando coisas que não existem

-Eu não vou mais discutir com você pelo mesmo motivo outra vez

 -Então para de tentar controlar minha vida e me fala o que você veio fazer aqui

-Eu tenho uma péssima notícia pra de falar

 -Odeio toda essa demora
 -Você vai ter que voltar para Londres, e ainda terá que resolver seus assuntos inacabados com Joseph.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

1 - The Reason






Eu lembro que quere-la só pra, lembro também que botei isso em prática e a sequestrei para fazer dela a minha vida. Me dediquei de corpo, alma e coração para aquela mulher e na primeira oportunidade ela me deixou, foi para algum lugar do planeta e não me deixou nenhuma pista do seu paradeiro. Não sei mais nada sobre o quando amor da minha vida, não sei nem se ela está viva.
Depois que Demetria me deixou eu jurei nunca mais me entregar daquela forma a uma mulher, prometi a mim mesmo que iria começar minha vingança contra Demetria usando as mulheres da mesma forma que ela me usou. Por muito tempo cumpri minha promessa com vigor e humilhei cada uma das mulheres que se deitou comigo e por incrível que pareça isso só aumentou o interesse delas por mim. Eu ia muito bem com meu plano quando eu conheci uma mulher diferente e especial, claro que ela não chega nem aos pés de Demitria mas ela fez algo muito especial por mim, ela deu uma folga ao meus coração machucado.
Quando conheci Anne eu era mais um bêbado em um bar chorando suas mágoas e ela me acolheu em seu colo e ouviu todos meus problemas e me conheceu e entendeu de uma forma que só Demetria tinha conseguido até então.
   Anne foi minha psicóloga por muito tempo até que eu notei que ela podia ser muito mais do que isso pois se ela me fazia tão bem com suas palavras então com seu corpo ela deveria me transformar em outro pessoa. Porem me enganei! Anne realmente é uma pessoa maravilhosa e em outra época teria tomado meu coração pra si sem nenhuma resistência da minha parte mas depois que conheci Demetria nenhuma mulher se fez suficiente para mim.
Não me julgue por ser o pior dos homens do planeta terra, eu realmente goste da Anne mas ainda não consegui curar meu coração dos estragos causados por Demetria. E acho que só vou me curar totalmente de Demetria quando ficar frente a frente com ela e escutar de sua boca o porquê de ela ter me deixado. Será que não fui homem o suficiente para faze-la feliz? Eu gostaria de resposta para todas as minhas dúvidas e então eu poderia esquecer Demetria e me dedicar somente a Anne pois ela é a mulher que realmente merece meu amor!
- Joe está tudo bem? – Anne me acorda de meus devaneios e eu a agradeço mentalmente por mais uma vez me impedir de enlouquecer.
- Tudo bem querida.
- Eu sinto que não está tudo bem com você – Às vezes me amaldiçoo por ficar com uma pessoa que me conhece tão bem.
- Impressão sua querida.
- Eu te conheço Joe por tanto não adianta ficar mentindo para mim.
- São só meus devaneios não precisa se preocupar.
- Quando você vai se ver livre desses devaneios Joe?
- Quando eu obtiver minhas respostas
- Essas respostas tem que vir mesmo de Demetria -  Respondo que sim com a cabeça e ela me olha indignada.
- Joe por favor entenda que Demetria não vai voltar
- Você tem tanta certeza de ela não vai voltar quanto eu tenho que ela vai voltar.
- Joe eu tenho segurado a sua mão por tantos anos e eu vi nenhuma pista de que ela realmente vai volta. Eu quero que você consiga se livrar desses devaneios mas creio que ficar pensando em Demetria não vai te ajudar.
- Você me segurou por todos esses anos e isso é verdade, me conheces que melhor que eu mesmo e ainda não conseguiu entender que só vou me ver livre desses pensamentos quando obtiver uma resposta de Demetria do por que ela me deixou.
- Às vezes eu não sei por que ainda estou com você, afinal eu sou apenas sua confidente e uma boa noite de sexo não é verdade?
- Não fale assim – Sempre que Anne toca no assunto de me deixar sinto todo meu corpo gelar pois sei que sem ela ao meu lado eu não conseguirei mais suportar meus loucos pensamentos – Você sabe que preciso de Você para continuar existindo.
- Então por que não consegue deixar Demetria pra lá e se focar somente em nós dois?
- Anne você sabe por que
- Mas não consigo entender Joe – E mais uma vez Demetria vem atrapalhando minha vida e é nesses momentos que eu tento pensar como Anne e deixar Demetria pra lá mas quando toda tensão passa ela volta para meus pensamentos – Você tem a mim e se não me quisesse poderia ter qualquer outra mulher de Nova York mas você foca toda sua atenção e energia à única mulher que não te quis.
- Não fale assim Anne – Me exalto e começo a gritar – Você sabe muito bem que Demetria me quis e quem sabe ainda me quer.
- É isso que você pensa? – Anne também começa a gritar – Às vezes você é tão idiota que chega a me dar pena- Anne se levanta e sai do quarto.
Eu consigo entender Anne e toda sua fúria, afinal eu ainda penso em minha ex esposa quando tenho uma mulher nua em minha cama. Mas Anne aceitou ficar comigo sabendo de toda Situação e agora não sei por que ela insiste em tentar me mudar. As vezes eu gostaria que Anne me ajudasse somente a esquecer Demetria e que ela não me conhecesse tão bem.
O dia se passou normalmente, fui ao trabalho e cumpri minhas obrigações.

O dia todo tentei falar com Anne mas ela ignorou minhas ligações. Sinto que quando chegar em casa terei a difícil tarefa de acalmar Anne e convence-la a ficar comigo mas isso não é novidade para mim e sinto também que essa não será a última vez.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

I miss you

“Tem coisas na vida que não se pode ignorar e embora eu não entenda muito sobre a vida uma das coisas que aprendi sendo esse cara que todas as garotas desejam é que não se pode ignorar uma mulher e se ela estiver nua na sua cama a última coisa que você deve fazer é pensar na sua ex e sensual esposa.”

Joe Jonas
CEO bem sucedido e homem cobiçado pelas mulheres, tem resquícios de Christian Grey mas é um romântico incurável e tudo que mais quer no momento é ter sua bela e sensual ex esposa Demetria ao seu lado.



Povo agora é sério EU VOLTEI e essa vai ser a nova fic do blog "I miss you"

sábado, 7 de junho de 2014

Mini Fic - Cover Girl Final

Simplesmente naquele o momento o chão havia desaparecido sobre meus pés , era como se nada mais importasse no momento.Eu havia perdido a razão do porque respirar,tinha perdido o raciocínio e naquele momento cada terminação nervosa do meu corpo implorava por uma distancia menor entre mim e a garota que eu nem sabia  nome mas havia mexido comigo de uma maneira que eu jamais pensei que alguém pudesse mexer.
-Cara você está bem?
-Acho que não
-Você começou com esse papo de anjo e aí paralisou
-Lembra da garota que eu te falei que parecia um anjo?
-Lembro sim
-É ela(aponta para Demi)
-A Demi?
-É esse o nome dela?
-É o apelido
-Eu preciso falar com ela
-Vai com calma pra não assustar a garota

-Oi

Era como se tudo ao meu redor houvesse sumido,Deus o que estava acontecendo?Eu não conseguia desviar nossos olhares.Quem é esse homem e o que ele fez comigo?
No momento só havia nó dois na sala,nada de olhares curiosos,fãs ou quem mais pudesse existir.Eu paralisei no momento que o homem da minha vida dirigiu a palavra a mim.

-Oi
-Quem é você e o que fez comigo?
-(risos) O que eu fiz com você eu não sei mas sei lá eu acho que sou uma cantora pop reconhecida mundialmente,qur dizer,menos por você
-(risos)Sabe como é vida de médico é meio que hospital/casa nada de vida social
-Então o que está fazendo aqui?
-Um favor ao meu irmão
-Então você é o irmão do Nicholas?
-Sou sim.E você é a amiga da Miley?
-Sou sim
-Pela primeira vez vou agradecer ao meu irmão por me apresentar alguém
-Acho que posso dizer o mesmo
-Posso te fazer um convite
-Pode mas não sei se vou aceitar
-O que acha de sairmos desse lugar?
-Não
-Por que?
-Vai que você é um estuprador maligno que quer usar meu corpo para um ritual d transferência de mentes
-E por que eu iria querer trocar de mente com você
-Sei lá né

-O que você fez com o seu irmão
-Eu não fiz nada e o que você fez com a sua amiga?
-Nada também
-Acho que é o destino
-Por que?
-O Joe me falou que havia visto um anjo hoje na rua
-Um anjo
-Isso aí
-E o que isso tem haver com a química assustadora que surgiu entre ele e a Demi
-É que a sua amiga é o lindo anjo que o meu irmão viu
-Você está brincando comigo
-Absolutamente não meu amor

-Eu não acredito que você me fez sair correndo de lá
-Fala sério foi divertido
-A My na me falou que você era maluco
-Então vocês falavam de mim?
-Talvez(ri)
-Talvez eu  o meu irmão talvez falássemos de você também
-E falavam sobre o que
-Sobre o quanto eu tive sorte de te conhecer
-Assunto legal
-Concordo
-Então você me arrastou de lá para nada?
-Eu só queria ficar sozinho com você
-Para fazer o ritual né(gargalha)
-Não o ritual que você está pensando
-Então que ritual
-Um que envolve você,eu,beijos e talvez uma cama
-Acho que vou gostar desse ritual

Depois de finalmente descobrir quem era seu anjo Joseph fez de tudo para não perde-la de vista,embora demi vivesse viajando sempre dava um jeito de encontrar Joe entre um show e outro.Essa era a rotina dele a dois anos mas Joe finalmente decidiu que era hora de mudar um pouco.

Demi estava voltando pra casa de Joe depois de dois meses viajando sem poder ver ele.Quando ela chegou encontrou a casa vazia e apenas um caminho d rosas a guiava para o quarto de Joseph.Quando abriu a porta do quarto encontrou Joe deitado na cama nu com apenas algumas parte coberta por chantili

-(gargalhando)Você está maluco?
-Maluco por você
-Acho que vou te levar ao médico(rindo)
-(rindo)Olha eu imaginei maneiras muito românticas de fazer isso mas eu realmente achei que esse estilo cachorrão safado combinada mais com você
-Ta mais pra estilo banana Split
-Ok Demi presta atenção em mim
_Ok estou prestando(rindo)
-Eu te amo tanto que meu coração de rasga ao meio cada vez que você sai por aquela porta por que eu nunca tenho a certeza de que você vai voltar
-Eu sempre vou voltar pra você Joe
-Eu sei(ri)mas eu preciso ter....ter certeza disso
-Como?
-Me casando com você
-Oh Joe
-Você aceita se casar comigo senhorita cantora pop reconhecida mundialmente
-Mas é claro que sim

Joe  Demi se casaram um ano depois do animado pedido de casamento.Hoje eles continuam sua realação como se ainda fossem namorados,tiveram dois filhos 

terça-feira, 27 de maio de 2014

Mini Fic - Cover Girl Part.1

Joseph era um jovem e renomado médico em Londres e no auge de seus 26 anos arrancava suspiros de adolescentes precipitadas e mulheres experientes assim como as próprias mulheres de sua idade.Joe era um homem sério  e estava mais focado em seu trabalho do que em sua vida pessoal,um relacionamento não estava em seus planos mas se tinha algo que nem o próprio Joseph podia prever é que iria cair nos encantos de uma jovem mulher.
Demetria estava no auge da sua carreira,com apenas 22 anos tinha ganhado um Grammy,seu single de trabalho Two Pieces era o mais tocado nas rádios e em poucos meses começaria sua turnê mundial.Um relacionamento também não estava nos planos de Demi mas quando ela o conheceu não resistiu aos seus instintos e ela se entregou para o único homem que foi capaz de sacudir seu mundo de conto de fadas.
Joseph caminhava pelas ruas de Londres com seu impecável terno italiano,em uma de suas mãos carregava o copo quente de capuccino e na outra o celular.Joe estava em uma conversa animada com o irmão enquanto ia para o trabalho quando avistou uma mulher que fez seu corpo congelar por um tempo que pra ele poderia durar a eternidade.
-Cara você ainda está ai¿
-Estou Nick
-O que aconteceu¿
-Eu não sei
-Você está bem¿
-Eu acabei de ver um anjo
-Um anjo¿(risos)Você anda fumando Joe
-Não eu...eu preciso saber que é ela
-Ela quem cara¿
-A garota que fez meu mundo parar
-Então não era um anjo e sim uma garota
-Ela é um anjo mano to te falando
-Olha só já que você está falando em anjo que tal um jantar aqui em casa Hoje¿
-E o que isso tem haver com anjo¿
-Então...Uma amiga da Miley vai vir jantar aqui também e sabe ela é solteira
-Poxa Nick você é meu irmão mas puta que te pariu como você é chato com esse assunto
-(gargalhada)Eu só quero o seu
-Não é por que eu não tenho alguém que eu não estou bem
-Se o seu problema é com as mulheres eu posso te apresentar alguns homem também (risos)
-O meu problema é você
-Tudo bem eu vou parar de insistir
-é isso aí PARAR
-Mas venha nesse jantar por mim e não pela garota
-Eu vou pensar
-Estou te esperando

Demi andava pelas ruas de Londres em busca de alguma loja de underground para comprar algumas camisetas quando foi parada por um grupo de fãs,gentil como sempre ela os atendeu com sua conhecida simpatia,os abraçou,tirou fotos e conversou um pouco e só saiu daquele ambiente tão agradável quando seu celular tocou indicando que sua melhor amiga queria falar com ela

-Fala aí cachorra
-Então agora a cantora pop mais famosa do mundo fala com cachorras¿
-Só com você meu amor
-Me sinto muito melhor agora
-Legal agora por que você me ligou
-É que assim sabe eu te amo muito e estava com saudades da sua voz
-Era só ter escutado um dos meus 4 CD’s
-Acordou com a macaca hoje hein,isso é falta de homem
-Nem me fale em homem
-Pois é bem sobre isso que eu quero falar
-Miley eu já te falei que não quero me envolver com ninguém agora pois estou focada na minha carreira
-Você falou que não queria relacionamento seio não um envolvimento qualquer
-Dá na mesma
-Não da não
-Mas acontece que eu estou cansada de envolvimentos casuais
-Mas você nem sabe o que eu tenho para te oferecer
-Garanto que nada vai me interessar
-Médico 26 anos romântico,charmoso e rico
-Nossa me convenceu com o fato de ele ser rico
-(risos)Ele é irmão do Nicholas eu vai jantar hoje aqui em casa
-Não estou interessada My
-Vai ser só um jantar inocente Demi nada Demais
-Promete¿
-Prometo
-Ok eu vou

Joseph continuou seu caminho pelas ruas nubladas de Londres,ele não conseguia tirar o rosto daquela mulher da cabeça,ela tinha certeza que já havia visto em algum lugar que não lembrava.Ela tinha cabelos castanhos escuros mesclado nas pontas com um tom de rosa Pink ou algo parecido,a pele branca contrastando drasticamente com os cabelos enquanto a calça preta skinny desfiada se agarrava fortemente as coxas torneadas e blusa dos Ramones combinava perfeitamente com a jaqueta de couro e o cuturno de cano longo.Deus!Aquela mulher era um anjo caído do céu.

Demi continuou sua procura pela loja perfeita as vezes sendo parada por alguns fãs mas nada que a incomodasse.Quando finalmente chegou em casa ela foi se preparar para o temido jantar que teria na casa de sua melhor amiga.Miley era meio louca mas Demi sabia que a amiga não faria nada para machucar ela.

Joe tocava a campainha do irmão enquanto ajeitava a gravata.

-Até que enfim você chegou
-Desculpe o atraso mas ocorreram alguns imprevistos no hospital
-Sem problemas cara,entra aí
-Licen...É ela
-Ela quem mano¿

-O anjo




Oi gente eu voltei!
Eu estava morrendo de saudades de tudo isso aqui mas agora vou voltar com tudo(eu vou tentar voltar com tudo)vou tenta postar mais mini-fics e deixar o blog ativo novamente.
Se vocês gostarem da mini fic eu coloco a segunda parte se não eu continuo o blog desativado.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

O fim?

Me desculpem?

O blog está parado a dois meses e eu não vou me perdoar por abandonar algo que eu tanto amo e nem por deixar vocês ficarem esperando.
Quando eu comecei o blog eu queria postar todos os dias e por um bom tempo eu consegui só que as coisas foram ficando difíceis e agora eu já nem posto mais.Eu queria ter mais tempo para me dedicar as fan fics só que eu não tenho mais tempo.Eu estudo o dia inteiro,saio de casa 07:00h e só volto 00:00h não tenho tempo nem para respirar e o único dia que posso ter um tempo livre é no sábado e nesse dia tenho que estudar e descansar um pouco.
Eu nunca imaginei que iria fazer o que estou fazendo mas é o fim!Eu não vou excluir o blog apenas vou parar de postar,quem sabe um dia eu volte a postar mas por um longo tempo o blog vai ficar desatualizado.
O blog vai continuar aqui para se alguém quiser ler novamente o que postei.
Bom é isso,até um dia,quem sabe.















































































sexta-feira, 14 de junho de 2013

Mini-Fic Nobody Compares

Ela ainda conseguia se lembrar de como se conheceram,de como comemoraram seu primeiro aniversario de namoro,das frases feitas que ele dizia em seu ouvido quando queria alguma coisa,de todos os momentos perfeitos que tiveram enquanto namoravam,ela se lembrava de tudo inclusive daquele maldito fato que insistia em não abandonar sua mente.
Tudo era perfeito e inesquecível.Joe era o sonho de toda garota e Demi o sonho de todo garoto.Tudo se encaixava perfeitamente,as manias irritantes,o gosto musical,os programa de TV.Eles tinham o ideal para transformar aquele namoro de adolescência em algo mais sério e duradouro.
Mas nem tudo é como desejamos que fossem.Eles eram um casal normal,eram seres humanos e algum dia um dos dois cometeria algum erro e botaria tudo a perder.
Joe:Tem certeza que você não quer ir na festa¿
Demi:Tenho
Joe:Então se você não ir eu também não vou-selinho-
Demi:Mas é claro que você vai
Joe:Sem você aquele lugar não vai ter a mínima graça
Demi:Seu amigos vão estar lá,eu tenho certeza que você vai ser divertir sem mim
Joe:Tem certeza¿
Demi:Absoluta-sorri-

As vezes nós só queremos que alguém adivinhe os nossos sentimentos sem que digamos palavra alguma e então quando nos magoamos jogamos toda a culpa naqueles que não fizeram nenhum curso para serem Mãe Dináh e não tem como adivinharem nossos sentimentos.

Nick:Deixou a namorada em casa Joe¿
Joe:Ela não quis vir-da de ombros-
Kevin:Você está se apaixonado por essa garota
Joe:Não estou não
Liam:Está escrito na sua testa que sim
Joe:ela é apenas uma garantia de que alguém sempre vai estar comigo
Kevin:Se isso não é amar então o que é¿
Joe:eu continuo o mesmo de antes
Nick:então prova
Joe:Como¿
Liam:Tem uma amiga minha louca pra te conhecer-sorri maliciosamente-
Joe:Não
Kevin:O Joe de antes não iria se importar
Joe:Mas traição é golpe baixo
Nick:Deixa ele galera o Joe ta apaixonado
Joe:-bufa-quem é a sua amiga¿

Tem coisas que você não espera e jamais quer ver como seu namorado beijar outra garota.
Demi viu mas preferia não ter visto,preferia ter ficado em casa ao invés de tentar surpreender Joe,talvez teria sido melhor porque assim quando as fofocas chegassem aos ouvidos dela Demi iria simplesmente ignorar e dizer que era mentira.Mas agora ela estava ali chorando enquanto outra garota estava nos braços daquele que deveria ser somente dela e de mais ninguém.
Ela corria mas não sabia em qual direção,tropeçava mas não sabia se era em seus próprios pés ou nas pedras e chorava como nunca antes só que não sabia se era por ela ter sido enganada ou por ter a certeza de que nem com um milhão  de desculpas dele ela conseguiria perdoar aquela traição.
Naquela noite depois de ter ficado com a tal garota que nem sabia o nome e muito menos se lembrava do rosto ele bebeu,bebeu,bebeu e caiu  nos chão aos prantos quando os amigos vieram contar que a sua namorada o tinha visto com outra e havia saído correndo.
Ele não tinha forças para ir atrás de Demi e pedir perdão,agora ele era só mais um cara bêbado com o peso de uma traição nas costas.Amanhã quando tivesse sua coordenação motora de volta,a certeza de suas palavras e um bom pedido de perdão ele procuraria Demi e a faria acreditar que ele merecia ter ela em seus braços outra vez.

Dianna:Filha você não vai levantar¿
Demi:Eu vou ficar mais um pouco na cama mãe
Dianna:Então pelo menos me diz o que aconteceu pra você ficar desse jeito
Demi:Não aconteceu nada mãe
Dianna:Foi alguma coisa na festa¿Porque estava tudo bem quando você saiu e quando você chegou já estava chorando
Demi:Já disse que não aconteceu nada mãe
Dianna:Você e o Joe brigaram¿
Demi:Não fala mais o nome dele perto de mim mãe
Dianna:A briga foi tão feia assim¿
Demi:Ele me traiu mãe,eu cheguei na festa e ele já estava se agarrando com uma vagabunda  nem se importava se outros iriam ver e depois rir de mim
Dianna:Eu sinto muito minha filha
Demi:Ta tudo bem mãe só não fala mais nele e nem nesse assunto,tudo bem¿
Dianna:Se isso vai te fazer melhor
Demi:Vai sim
Dianna:Descanse  um pouco e depois desça para comer alguma coisa
Demi:Depois mãe

Dianna:Boa tarde Joseph
Joe:Oi Dianna,a Demi está¿
Dianna:Ela está sim mas eu vou dizer que não pra você ir logo embora,então não,a Demi não está
Joe:Ela conversou com você¿
Dianna:Sobre você a ter traído¿Sim ela conversou comigo
Joe:Eu não fiz aquilo de propósito é que...
Dianna:Não é pra mim que você tem que dar explicações Joseph
Joe:Então,eu posso falar com ela¿
Dianna:Que fique bem claro que eu estou fazendo totalmente o contrário do pedido da minha filha então se ela parar de falar comigo e se revoltar com o mundo a culpa vai ser totalmente sua
Joe:Eu vou correr o riso

Demi:Mãe não precisa vir aqui de cinco em cinco segundos me ver,eu estou bem
Joe:Mas eu não estou bem
Demi:O que você está fazendo aqui¿
Joe:Eu quero conversar com você
Demi:Mas quem disse que eu quero conversar com você¿
Joe:Você sabe que nós temos que conversar
Demi:Engano seu Joe nós não temos nada pra conversar,não depois do que você fez ontem
Joe:E o nosso namoro como fica¿
Demi:Não fica Joe,nosso namoro acabou no momento em que você beijou outra garota
Joe:Eu não estou pronto pra ouvir você me dizer adeus
Demi:Mas ontem quando ficou com aquela garota você não pensou em mim
Joe:Todos os meus amigos estavam dizendo que não valia a pena ficar com você
Demi:E você sabe quantas vezes alguém veio me falar que você não valia a pena Joe¿Foram muitas e nem por isso eu te trai
Joe:Eu sei que o que eu fiz foi estúpido,sei que estraguei o que tínhamos mas vamos consertar isso,tem que haver algum jeito pra você me querer como antes
Demi:Eu jurei pra mim que não importaria quantas vezes e de quantas formas diferentes você me pediria perdão eu não iria aceitar
Joe:Ninguém nunca ficou tão bonita em um vestido quanto você Demi,ninguém nunca me fez sentir como você faz e machuca saber que você não vai ser minha essa noite,não me importa mais se meus amigos ou qualquer outra pessoa me diz que você não vale a pena porque nada vai me impedir de seguir em frente e mesmo que eu quisesse de te esquecer e achar outra garota eu não conseguiria porque ninguém se compara a você.Então só me diz como que eu vou fazer isso dar certo outra vez
Demi:Não existe um jeito Joe
Joe:-aprocima-se-sempre há um jeito Demi
Demi:Não para nós
Joe:Você esqueceu de tudo que passamos¿Porque eu não esqueci.Eu ainda me lembro de como foi difícil fazer com que você aceitasse sair comigo,e mesmo assim eu não desiste.Eu lembro do nosso primeiro beijo,o modo como seu corpo reagia ao meu-beija-lhe o pescoço-e parece que isso nunca vai mudar porque eu te amo e sei que você também me ama e quando duas pessoas se sentem como nós nos sentimos elas tem que ficar juntas-selinho-você concorda comigo¿
Demi:Para Joe,por favor
Joe:Olha pra mim Demi-segura seu rosto-eu sei que fui um babaca quando te trai mas eu te amo e não importa se agora você me diga que não me perdoa eu vou continuar tentando até você me perdoar então por que você não me perdoa e encurta o caminho para nós dois sermos feliz¿
Demi:Como você sempre consegue fazer com que eu me renda a você¿
Joe:Porque quando duas pessoas se amam é isso que acontece-beija Demi-Eu te amo-sorri-
Demi:Eu também te amo-sorri-